Galileu, o Index e a Divulgação Científica.

agosto, 2008

Galileu Galilei foi um dos cientistas mais versáteis da história. Vivei entre o final do século XVI e início do XVII. Foi o responsável pela invenção de uma série de instrumentos de precisão, criou os princípios da inércia (influenciando o trabalho vindouro de Isaac Newton), produziu telescópios mais sensíveis e etc.

Galileu Galileu. Clique para ampliar.

Galileu Galileu. Clique para ampliar.

Mas sua imagem é sempre associada à sua contenda com a igreja. Galileu, grande estudioso de astronomia, defendia que a Terra não era o centro do Universo, como assim pregava a Santa Sé. Pior, Galileu dizia que nosso planeta não só girava ao redor desí mesmo, como também orbitava o Sol.

Tal modelo heliocêntrico de sistema solar ia diretamente contra as escrituras, o que levou o astrônomo à julgamento pela inquisição. Durante o julgamento Galileu acabou abrindo mão da defesa do modelo heliocêntrico, o que evitou sua execução. Mesmo assim foi condenado à prisão domiciliar pelo resto de sua vida.

Galileu e a Inquisição. Clique para ampliar.

Galileu e a Inquisição. Clique para ampliar.

A história é bem conhecida, mas quando analisada com mais detalhe é no mínimo estranha. Vejamos por que. Galileu era um homem muito religioso e de boas relações com a Igreja. Era considerado um dos maiores intelectuais da época e padres, bispos e cardeais tinham como grande honraria estarem em sua presença. Era amigo pessoal do Cardeal Barberini que viria a ser o Papa Urbano VIII, o mesmo que levou a cabo o julgamento de Galileu.

O sistema heliocêntrico não era exatamente de propriedade de Galileu. A idéia em si surgiu na Grécia, com os grandes filósofos do passado, mas foi melhor explorada por Nicolau Copérnico. Copérnico que também tinha relações com a igreja, defendeu por muito tempo seu modelo heliocêntrico sem ser incomodado.

Nicolau Copérnico. Clique para ampliar.

Nicolau Copérnico. Clique para ampliar.

Se Galileu era tão influente entre as autoridades religiosas, amigo pessoal do Papa e defensor de uma idéia que não era sua, porque afinal foi julgado e quase queimado em praça pública? Embora a resposta provavelmente envolva uma série de fatores, um deles foi a “divulgação científica” das idéias de Galileu.

O fato é que na antiguidade os textos dos intelectuais eram escritos em latim ou grego, línguas que eram desconhecidas das pessoas comuns. O grande trunfo de Galileu, além de sua grande popularidade, foi escrever seu livro em italiano. Desta forma seu livro caiu feito uma bomba na sociedade da época.

O Papa Urbano VIII reconheceu o risco que o material de Galileu significava. Um livro que poderia ser lido por todos, contendo evidências científicas precisas e bem embasadas, e que ia contra a palavra de Deus. A reação imediata da igreja foi incluir o livro no “Index”, a grande lista de livros censurados pelo Vaticano, e promover o julgamento do cientista.

O sistema heliocêntrico. Clique para ampliar.

O sistema heliocêntrico. Clique para ampliar.

O curioso é que em muitas de suas cartas, Galileu deixa claro que sua intenção nunca foi a de atacar a igreja. Segundo ele, a idéia era permitir que a autoridade católica pudesse usar suas descobertas para fortalecer as escrituras. Azar o da igreja, que continua até hoje com a fama de negar as coisas como elas são.

Ponto para Galileu, que além de ser um dos maiores cientistas da história, já fazia divulgação científica de qualidade.