O Time Lord que viajou no tempo (e no espaço).

janeiro, 2012

O filme Contato, adaptação da obra de mesmo nome escrita por Carl Sagan, tem uma sequência inicial memorável.

Basicamente vemos a Terra do espaço e ouvimos todo o caos das transmissões de rádio e televisão vindo do planeta. A imagem então começa a se afastar do planeta e a medida em que vamos viajando através do sistema solar, vamos também viajando através do tempo, ouvindo transmissões cada vez mais antigas até que tudo o que nos resta é o silêncio absoluto de um universo que não faz a menor ideia de que na terceira pedra depois de uma inexpressiva estrela, existe um monte de criaturinhas bípedes que  escutam o espaço na esperança de ouvir a história de outra civilização com o mesmo habito dionísico de gravar os próprios ruídos para que outros o apreciem.

No filme esta cena tem o papel fundamental de explicar para o espectador em três minutos que 1- transmissões de rádio e televisão feitas na Terra viajam para fora do planeta, 2- estes sinais viajam próximo à velocidade da luz e 3- é possível acompanhar toda a história televisionada ou radiodifundida da humanidade caso você possa se mover mais rápido do que estes sinais ou viva em um planeta que esteja no meio do caminho deles.

Este conceito é importante pro filme por que no final do primeiro ato ele é invertido, somos nós que recebemos um sinal alienígena (com um pequeno plot twist que eu não vou estragar dando spoilers, vá correndo assistir Contato).

continue lendo >>

Spore e o fanatismo.

setembro, 2008

A EA Games lançou a algumas semanas o jogo Spore. Criado pelo gênio dos games Will Wright, a proposta em Spore é simular o desenvolvimento da vida na Terra. você começa com uma criatura unicelular, vai se desenvolvendo e evoluindo até finalmente sair do mar, iniciar uma comunidade tribal e por aí vai, até à conquista do espaço.

Eu já venho brincando com o Spore a alguns dias e confirmo, o jogo e bastante viciante e divertido. Eu gostaria de dizer que “curiosamente o jogo levantou algumasquestões polêmicas”, não fosse o caso de eu já ter antecipado o problema. Qualquer coisa que esbarre em questões polêmicas como a teoria evolutiva, gera posições extremistas de ambos os lados.

Spore. Clique para ampliar.

Spore. Clique para ampliar.

continue lendo >>

Polegarcast #4 parte 2: Ciência na Ficção Científica.

setembro, 2008

Voltamos diretamente do futuro para a segunda parte do programa. Eu, Andréa, Rodolfo e nosso robô sindicalista Thomas, voltamos a falar sobre a importância da ficção científica. Discutimos sobre Isaac Asimov e suas leis da robótica, Arthur C. Clark, H. G. Wells e sobre cinema.

Ainda neste programa: Seria a Andréa a mulher bicentenária? Asimov tem mais poder de síntese que Deus? Qual a abrangência do sindicato dos robôs?

Atenção, o Prêmio Podcast esta passando por dificuldades técnicas. O site não esta mais registrando votos e os que já haviam sido registrados foram zerados. Não votem mais no Polegar por enquanto, quando a situação se normalizar avisaremos aqui.

Assine o nosso podcast:
Para assinar nosso podcast em seu iTunes, Amarok, Rhythmbox ou qualquer outro player com a capacidade de lidar com a inscrição de podcast’s use nosso feed:http://feeds.feedburner.com/polegarcast

ATENÇÃO: Adicionamos a capa do podcast ao ID3 Tag da MP3. Isso pode gerar incompatibilidade com mp3-players mais antigos. Se este for seu caso, baixe a versão sem capa do podcast clicando aqui.

Polegarcast #4 parte 1: Ciência na Ficção Científica.

agosto, 2008

O Polegar Cast finalmente desbrava o mundo da ficção científica em seu primeiro programa duplo. Entramos no mundo aonde vide inteligente em outro planeta é quase um padrão,robôs interpretam das formas mais bizarras três leis aparentemente simples e a viagem no tempo não é só uma possibilidade, é realidade.

Eu, Andréa, Rodolfo e Thomas (nosso próprio robô com características humanas), falamos um pouco sobre os filmes Contato e Gattaca, e ainda comentamos alguns outros livros. Além disso discutimos a importância da Ficção Científica, e a liberdade que ela nos dá para imaginar cenários inconcebíveis em nosso planeta.

Ainda neste programa: Uma defesa apaixonada sobre os direitos dos robôs, a inteligência limitada dos et’s, pessoas distintas nascidas da mesma mãe e um anarquista das leis da robótica.

Atenção, não esqueçam de votar em nós para o Prêmio Podcast 2008. É bastante simples, basta clicar no banner abaixo e, na tela que irá se abrir, no botão verde (votar e entrar no site). Após votar você será redirecionado ao site do prêmio.

Vote na gente para o prêmio podcast!

Vote na gente para o prêmio podcast!

Assine o nosso podcast:
Para assinar nosso podcast em seu iTunes, Amarok, Rhythmbox ou qualquer outro player com a capacidade de lidar com a inscrição de podcast’s use nosso feed: http://feeds.feedburner.com/polegarcast

ATENÇÃO: Adicionamos a capa do podcast ao ID3 Tag da MP3. Isso pode gerar incompatibilidade com mp3-players mais antigos. Se este for seu caso, baixe a versão sem capa do podcast clicando aqui.